Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008
Se um Homem durar 100 anos, a sua obra deve durar 1000...
"Ninguém dá início a uma guerra - ou melhor, ninguém no seu juízo perfeito deve fazê-lo - sem que antes esteja claro na sua mente o que pretende alcançar através dessa guerra e como pretende conduzi-la"
 - CARL VON CLAUSEWITZ, Von Kriege


   Actualmente, a cidade de Seia, apesar da paisagem fantástica que a envolve e do potencial dos recursos que possui, parece ter entrado num período de estagnação. Na verdade, as cidades do interior parecem ter sido esquecidas pelo governo e pelos próprios cidadãos, que se mostram conformados com a situação com que se deparam.
  Se durante o 1º Período mostrámos o que de melhor se faz em Seia, agora temos que reflectir sobre os seus aspectos negativos, pois só podemos mudar o rumo das coisas se realmente soubermos o que está mal!
   Enquanto jovens, temos plena consciência de que a nossa cidade não responde às nossas necessidades básicas. É neste sentido que os mais jovens procuram centros maiores, que lhes proporcionem melhores condições de vida, novos desafios e novas aventuras! Claro que os jovens são uma mais valia para uma cidade, uma vez que a tornam dinâmica e lutam por ela! No nosso caso, vão permanecendo as pessoas mais velhas, o que leva ao problema do envelhecimento da população e à acentuação dos contrastes de desenvolvimento.
   Assim, nasceu o desejo da realização de um projecto ambicioso, mas possível:
TEMA: Cultura
SUBTEMA: Criação de uma Casa da Cultura, associada a uma Pousada da Juventude.

Porquê a escolha deste tema?
  
   Muita foi a discussão que se levantou acerca do tema que poderíamos tratar. No entanto, sendo a Cultura um tema abrangente, acabámos por chegar a um consenso. Além disso, os objectivos do nosso projecto irão focar outros temas extremamente importantes.
   Assim, como iniciámos esta guerra, já temos em mente quais os seus objectivos e como pretendemos conduzi-la. Deste modo, para além da situação que descrevemos em cima, definimos como objectivos:
  • Responder às necessidades dos jovens, para que eles criem raízes em Seia;
  • Atenuar o problema do envelhecimento da população;
  • Impedir o aumento da notoriedade dos contrastes de desenvolvimento;
  • Dar primazia à cultura na construção dos cidadãos senenses;
  • Estar aptos a receber jovens oriundos de Portugal ou do estrangeiro;
  • Mostrar a nossa posição quanto à Interculturalidade;
  • Preparar actividades que promovam o respeito pelo ambiente;
  • Preparar actividades que promovam o interesse pelos recursos naturais;
  • Diminuir o forte índice de desemprego, uma vez que os projectos empregarão muitas pessoas, nomeadamente monitores, professores,...
  • Dinamizar Seia e torná-la uma cidade mais procurada por turistas;
  • Atenuar a discriminação a jovens com deficiências motoras, visuais, auditivas,...
   Para além disto, sabemos que a nossa zona é detentora de muito potencial. No entanto, ele está tão mal aproveitado que acabamos por não usufruir dele. Neste sentido, queremos que as actividades promovidas pela Casa da Cultura criem um elo de ligação entre as freguesias do concelho, que apesar da sua riqueza foram deixadas de parte! Assim, iremos recolher o melhor de cada freguesia e tornar Seia a CAPITAL DA CULTURA!





publicado por the5wondersoftheworld às 16:01
link do post | comentar | favorito

.mais sobre nós
.Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Vento de Talentos

. Página Seguinte...

. Escola Secundária de Seia...

. O nosso apelo

. Destaques Culturais

. Meses decisivos...

. "Um desafio e uma sugestã...

. Desafio concluído

. Notícia de última hora

. Seia: um exemplo de cultu...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.favoritos

. Spot Concurso "Cidades Cr...

.tags

. todas as tags

.links
.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.Crítica
No dia 29 de Fevereiro, deslocámo-nos à Câmara Municipal de Seia, para falarmos com o Dr. Pedro Conde. Como não tínhamos reunião marcada, não foi possível o encontro. Porém, pediram os nossos contactos, no sentido de ajustar a data da reunião. Até hoje aguardamos um telefonema por parte da Câmara. Será por esta falta de apoio que Seia está assim?
.Brevemente…
Projecto da Casa Municipal da Cultura, "Vento de Talentos"
.Cultura: locais a visitar
O Solar dos Botelhos foi edificado no século XVI, tendo sido mandado construir por André Botelho de Alarcão, capitão-mor de Seia. A casa de época manuelina, bem patente em três das suas janelas, possui planta rectangular, que se adapta ao declive do terreno, composta por dois corpos. Do lado direito dispõe-se um corpo maior, de secção rectangular, cuja fachada possui um registo com uma porta e três janelas. À esquerda foi edificado o segundo corpo, quadrangular e mais alto, com dois registos, rasgados por janelas de moldura biselada. Na fachada posterior foram abertas duas janelas de sacada, uma delas mainelada, e duas de peito, uma moldura recta, outra de mainel. Entre estas duas foi colocada a pedra de armas dos Botelhos e uma janela em arco trilobado.
.subscrever feeds